Dicas e Matérias

COMO ORGANIZAR SUA GELADEIRA

13/04/2016 18:01

•Dra. Wania Monteiro de Arruda

Personal Dieter – CRN-466

Graduada pela Universidade Federal de Mato Grosso – UFMT
Especialista em Saúde Pública – UFMT/UNAERP
Especialista em Nutrição Clínica Funcional CVPE/SP – Universidade Ibirapuera
Nutricionista da Secretaria de Estado de Saúde – CEM-MT
Nutricionista Clínica com atendimento Domiciliar e consultório
•COMO ORGANIIZAR  SUA GELADEIRA
•Freezer ou congelador:  devem ser armazenados os alimentos que estragam com mais facilidade, como carnes , frangos, peixes e outros  alimentos congelados.
•Gaveta superior: você deve colocar os alimentos perecíveis e frios, como iogurtes, queijos, manteigas e patês. Estes devem ser acomodados em potes fechados com tampa de preferência de vidro.
•Os gavetões baixos são menos refrigerados
• Por isso, são  ideais para guardar legumes e verduras. Esses alimentos por serem muito sensíveis à temperatura muito baixas acabam “queimando” e estragando mais fácil. As folhas devem ser muito bem secas para que durem por mais tempo. Por isso, o ideal é “secá-las” em centrífugas para folhas e após isso enrole em papel toalha. (repare que o papel vai ficar sempre bem molhado e por isso deve ser trocado todos os dias).
• Acima dos gavetões é a área ideal para colocar garrafas pets, além de frutas diversas, pois tem uma temperatura não muito baixa, o que é ideal para esse tipo de alimento.
•Lembrando que nem toda fruta pode ser guardada na geladeira, um exemplo é o abacate, se esse for colocado sem estar maduro na geladeira, não vai amadurecer mais. Por isso, somente depois de aberto com o caroço deve ser armazenado dessa forma.
•As portas da geladeira

 

•É a parte que perde refrigeração mais rapidamente. Devem ser armazenados: conservas, molhos como ketchup, mostarda, molho shoyo etc.
•E os ovos, podemos armazenar na porta da geladeira?
•De jeito nenhum! A porta da geladeira é o local mais “perecível” do equipamento, porque com a abertura constante, o local passa a ter uma variação de temperatura muito grande, o que é um perigo quando falamos em ovos. Essa mudança dá as condições perfeitas para bactérias como a salmonella se multiplicarem, o que pode causar graves casos de diarreia.